Trabalho

You are currently browsing the archive for the Trabalho category.

No próximo sábado,  participe de uma oficina ministrada por David, coordenador do núcleo empreendimentos sustentáveis  do Projeto Saúde e Alegria que trabalha com o eco turismo de base comunitária.

Em um primeiro encontro realizado cerca de vinte dias atrás com o numero de nove jovens, surgiram muitas duvidas, que foram devidamente respondidas por David e Silvaney, mas foi de consenso geral que potencial turístico existe em Belterra e força de vontade por parte dos presentes não faltará.

A ideia é organizar um grupo de pessoas que possuem espírito empreendedor, para estes recebam uma capacitação e se disponham a desenvolver  a atividade em Belterra. A proposta é ousada, que trabalhe empreendimentos sustentáveis visando o desenvolvimento social e económico. Esteja presente e faça valer a denominação que a Bela Terra possui.

Dia 04(sábado) de junho, às 8:30 no Telecentro de Belterra (Casa Brasil).

Domingo à noite deu-se um  fim ao impasse pelo qual o que o Sindicato dos Trabalhadores Rurais vinha passando nos últimos oito meses.
Com 942 votos, a Chapa Um venceu novamente as eleições do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Belterra. Encabeçada pela Sra. Raimunda Lúcia Lira de Sousa a Chapa Unir para Produzir derrotou a Chapa 2 denominada Unidos pela mudança que obeteve apenas 361 votos.
A eleição começou às 09 horas da manhã, coordenada pela Comissão Eleitoral(foto), e aconteceu em 08(oito) urnas espalhadas pelos diversos distritos de Belterra seguindo o Regimento Interno e o Acordo Judicial homologado entre as partes na Justiça do Trabalho.
Ficando assim os resultados:
Chapa Um: 942 votos
Chapa Dois: 361 votos
Brancos: 16 votos
Nulos: 56 votos
Total de eleitores: 1374
O resultado foi proclamado pela Comissão Eleitoral às 21 horas com o acompanhamento de representantes do Ministério Público do Trabalho e da 1ª Vara da Justiça do Trabalho.
Entenda o caso:
– No dia 15 de novembro de 2009 ocorreu a Assembléia Eleitoral do STRB. Nela foi eleita a Chapa Um, Unir para produzir tendo como presidente a Sra. Raimunda Lúcia. Assumindo esta no mesmo dia a direção do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
– Na manhã do dia 16 de novembro, os titulares da Chapa 2, Srs. Adailton Santana e Moisés Cristino entraram com pedido de impugnação da eleição na 1ª Vara da Justiça do Trabalho tendo como advogado o Sr. Oto Santos. Eles alegaram irregularidades na eleição do Sindicato.
– Em 07 de abril ocorreu a audiência, quando foi assinado um Acordo Judicial entre as duas Chapas que determinava a anulação da eleição do Sindicato de 15/11/2009. A foi não ter cumprido o item do Esatuto que trata dos prazos para convocação de eleições. É obrigatório que seja 60 dias e a eleição ocorreu com 58 dias. O Acordo também criava uma Junta Provisória para administrar o STR e convocava novas eleições para 18 de julho de 2010.
– No dia 11 de abril, a FETAGRI – Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará realizou uma plenária com os trabalhadores rurais para explicar a situação do Sindicato. Nela compareceram mais de 500 associados e a decisão foi acampar na sede do STR aguardando nova decisão da Justiça do Trabalho que garantissem a continuidade dos trabalhos da diretoria já eleita.
– O acampamento seguiu animado, tendo a participação diária de mais de 100 associados contabilizando mais de 600 participantes até o dia 28.
– O dia 28 de Abril iniciou com a chegada dos integrantes da Chapa 2, a Polícia Federal e representantes do Ministério Público do Trabalho que arrombaram a sede do Sindicato, trocaram cadeados e deram ordem para que a Junta Provisória começassem à trabalhar. Terminava ali o Manifesto.
– Em 16 de maio ocorreu a Assembléia Geral para eleger a Comissão Eleitoral. Foram eleitos os Srs. Maria Irlanda de Almeida, Francisca Auricélia Nunes e Edneldo Freitas que a partir daquele omento eram os responsáveis pela condução das novas eleições.

O que é um AEL-Arranjo Educativo Local?

Começo dizendo o que não é.

Não é uma escola e nem algo parecido.
Trata-se de uma rede de aprendizagem onde não há hierarquia. São pessoas conectadas para troca de aprendizados a partir do potencial educativo da localidade. É uma idéia interessante onde a educação é vista a partir do conhecimento adquirido na vivências das pessoas.
Em Belterra já inciamos o processo de implantação do AEL com a Oficina de Capacitação de Agentes Comunitários de Educação-ACEs que ocorreu no dia 01 de abril de 2010 das 10 às 16 horas no Barracão de capoeira do Telecentro de Belterra. Após muitas leituras e debates, cada participante saiu da Oficina com a missão de se conectar à mais duas pessoas para dar continuidade nos próximos passos do AEL.
O local escolhido como referência do Arranjo Educativo Local é o Telecentro de Belterra. Um espaço que envolve em suas atividades muitas crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos nas áreas de inclusão digital, música e capoeira.
Há muita expectativa quanto aos resultados do Programa de Aprendizagem. Não há ainda, um entendimento total do assunto, mas há uma certeza na cabeça de todos: A idéia é boa.

Estou em Belo Horizonte-MG desde o dia 24/11, representando o Telecentro de Inclusão Digital de Belterra na 8ª Oficina de Inclusão Digital. Muitas atividades, muitas pessoas, muita interação. Coloco agora um pouco do que eu já participei.

O dia 25/11/2009 começou com uma palestra sobre CONECTIVIDADE: Plano nacional de Banda larga e a tecnologia plc(Transmissão de dados e voz em banda larga pela rede de energia elétrica). O primeiro palestrante foi ROGERIO SANTANA – Secretário de Tecnologia da Informação. Ele falou que em relação à internet, o Brasil está atrás de outros países. O segundo palestrante foi Sergio Bellisario falou sobre oPower Line Comunicação -PLC e que temos que aproveitar as empresas para melhorar a Internet.Outra atividade que participei aqui em BH, foi a Oficina-Debate sobre as regras de uso em telecentros de escolas: Inclusão ou exclusão digital? Nessa Oficina, vimos a realidade de cada Telecentro, as dificuldades quanto a participação de políticos na definição de uso do Telecentro, do uso da internet por menores de idade, a falta de preocupação de políticos com a identidade dos menores na internet, a falta de regras diferenciadas para os Telecentros do campo e a cidade.

No dia 26/11/2009 discutimos sobre: LANHOUSE E TELECENTRO:concorrentes ou aliados?
O palestrante NILSON FUGIFIMATO representantou as lanhouses e falou do projeto em que cada professor e aluno tem seu computador portátil na sala de aula. Também colocou que o uso de lanhouses é muito recente e que não existe de maneira nenhuma concorrência.
O palestrante JADER GAMA enfatizou que não tem diferença nenhuma , pois no Telecentro trabalhamos com tudo que uma Lanhouse trabalha. Falou sobre o Projeto PURAQUÊ, que é
uma entidade que trabalha com a sociedade e falou que quer mais é que as pessoas possam se unir em um só lugar. A meta é trabalhar a limpeza da cidade, um exemplo é a troca de horas de acesso por garrafas PET onde o objetivo é deixar o ambiente da cidade mais limpo.


Estarei voltando dia 27/11 para Belterra.

Texto enviado por Marcos de Almeida e postado no Blog Fuxico de Belterra.

Daqui a pouco, mais precisamente às 18 hs, a Vivo e seus parceiros, inauguram a Estação Radio Base Pedro Teixeira em Belterra-  Pará, que possibilitará aos belterrenses a conexão celular e internet 3.

Para tal momento, uma grande festa está sendo preparada que vai desde distribuição de brindes à apresentação do Gran Circo Mocorongo do projeto Saúde e Alegria.

Estarão presentes na solenidade de inauguração o Presidente da Vivo – Roberto Lima, Presidente da Erickson – Fatima Raimondi, Prefeito de Belterra – Geraldo Pastana, Coordenador do Projeto Saúde e Alegria – Eugenio Scannavino, representante da Anatel e o Vice-Governador do Pará –  Odair Corrêa.

Espaço de leitura dos belterrenses. Onde as crianças se sentem à vontade e os adultos também.

Ultimamente, os livros da Bibioteca Municipal foram transferidos para cá.

Trabalho aqui e fico muito feliz com o interesses de muitos belterrenses pela leitura

Estamos organizando um sarau para o mês de setembro e assim que puder anunciarei aqui.

Um abraço para todos.

No dia 05 de agosto de 2009, no Auditório do Conselho da Cidadania aconteceu a Assembléia de fundação da Associação Municipal de Juventude (AMJA). Sendo que nesta mesma Assembléia foi aprovado o Estatuto Social da Entidade e Contituída a Cordenação Executiva e o Conselho Fiscal, que coodenará a AMJA nos próximos dois anos.
A Associação usará o nome de fantasia de Coletivo Municipal da Juventude.
O Coletivo é uma organização que existe desde fevereiro de 2008 e que desenvolve atividades com a juventude de Belterra nas áreas de educação, cultura, esporte, meio ambiente e comunicação.
Agora o próximo passo é registrar a Associação no cartório e posteriormente na Receita Federal para obter o CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.
Participaram da Assembléia, mais de 20 de jovens que agora são os sócios fundadores da AMJA.

Com informações de Jefferson Junior e Liliane.

Este mês, devido a muitas atividades aqui, acabamos deixando nosso blog no canto. Peço desculpas aos leitores.

Estamos preparando um jornal com as informações do Telecentro e uma das matérias produzidas é sobre o encontro da juventude em Piquiatuba. Nossos alunos das comunidades e os voluntários foram convidados. Todos gostaram bastante.

JUVENTUDE REALIZA ENCONTRO EM PIQUIATUBA

Nos dias 17, 18 e 19 de julho de 2009, aconteceu um grande encontro de jovens na comunidade de Piquiatuba sobre o comando do Coletivo da Juventude de Belterra. Marcaram presença as comunidades de: São Domingos, Nazaré, Prainha, Chibé e as comunidades da Br 163. Na ocasião houve uma animada noite cultural com direito à concurso de piadas, palhaço, danças e muitas músicas, que agitaram a pacata comunidade.

O outro meio de interação mais legal, foi sem dúvida, o disputado torneio de futebol entre o Coletivo da juventude e a comunidade anfitriã; assim como as oficinas educativas de Informática, dança, Jornal e rádio que no ultimo dia apresentaram os resultados.

Vale ressaltar que a realização deste encontro foi possível ao árduo empenho da coordenação do Coletivo e à ajuda de parceiros como a Fase/Belém, o Projeto Saúde e Alegria e ao serviço de cooperação alemã-DED. Mais do que um encontro de diversão, houve a possibilidade de trocar idéias sobre a diversidade da realidade do município.

Em um lugar aprazível e acolhedor como cenário, notavelmente viu-se o entusiasmo de cada um em lutar pelo desenvolvimento de sua comunidade e com disposição de aprender assim como compartilhar esse conhecimento.

Por: Percivaldo Anjos e Natalino Santos

Está acontecendo nos dia 05 e 06 de junho, na sede do sindicato dos trabalhadores rurais de Belterra, uma oficina de capacitação de Rádio Comunitária. O objetivo é fazer um intercâmbio entre o Coletivo da Juventude de Belterra, a Rádio comunitária Serrabel FM e o STTR-B para desenvolver a comunicação dentro do município, tendo como protagonista a juventude. Segundo Jefferson Junior, membro do Coletivo, o encontro faz parte do planejamento feito pelo Coletivo e conta com o apoio da FASE, Projeto Saúde e Alegria e o STTRB.

Texto de Marcos de Almeida publicado no blog Fuxico de Belterra

Viajaram hoje para a a Suécia, os jovens André Jordan e Juranildes Batistas. Eles farão um intercâmbio de um mês na Escola Nórdica de Vídeo Biskops-Arno.

Os dois jovens fazem parte do Telecentro de Belterra e participaram das Oficinas de Vídeo Participativo ministradas por alunos suecos. Pelo seu desempenho, eles estarão agora representando Belterra na Suécia. De Santarém os representantes são de Urucureá, Vagner e de Boim o Felipe. No total são quatro brasileiros que estarão participando dessa aventura.

Amanhã eles vão desembarcar no Aeroporto de Frankfut na Alemanha e depois seguem para o Estocolmo na Suécia.

« Older entries