Telecentro

You are currently browsing the archive for the Telecentro category.

Representantes no Conselho Gestor de São Jorge.

Estivemos na comunidade de São Jorge – Km 92 sábado, dia 22, foi um dia exaustivo, mas muito proveitoso, trinta jovens, entre alunos do curso de informática, Monitores voluntários e Monitores das oficinas de blog, vídeo, teatro, noções básica de informática e meta-reciclagem, se dispuseram em desenvolver tais atividade com objetivos de trocar  experiências pelas partes envolvidas e maior integração entre os telecentros de Beltera e São Jorge.

No fim do evento foram exibidos os resultados como postagens no Blog de  São Jorge, vídeos,peça teatral e outros mais. Parabéns à todos os envolvidos pais, professores, alunos e comunidade em geral.

O que é um AEL-Arranjo Educativo Local?

Começo dizendo o que não é.

Não é uma escola e nem algo parecido.
Trata-se de uma rede de aprendizagem onde não há hierarquia. São pessoas conectadas para troca de aprendizados a partir do potencial educativo da localidade. É uma idéia interessante onde a educação é vista a partir do conhecimento adquirido na vivências das pessoas.
Em Belterra já inciamos o processo de implantação do AEL com a Oficina de Capacitação de Agentes Comunitários de Educação-ACEs que ocorreu no dia 01 de abril de 2010 das 10 às 16 horas no Barracão de capoeira do Telecentro de Belterra. Após muitas leituras e debates, cada participante saiu da Oficina com a missão de se conectar à mais duas pessoas para dar continuidade nos próximos passos do AEL.
O local escolhido como referência do Arranjo Educativo Local é o Telecentro de Belterra. Um espaço que envolve em suas atividades muitas crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos nas áreas de inclusão digital, música e capoeira.
Há muita expectativa quanto aos resultados do Programa de Aprendizagem. Não há ainda, um entendimento total do assunto, mas há uma certeza na cabeça de todos: A idéia é boa.

Estou em Belo Horizonte-MG desde o dia 24/11, representando o Telecentro de Inclusão Digital de Belterra na 8ª Oficina de Inclusão Digital. Muitas atividades, muitas pessoas, muita interação. Coloco agora um pouco do que eu já participei.

O dia 25/11/2009 começou com uma palestra sobre CONECTIVIDADE: Plano nacional de Banda larga e a tecnologia plc(Transmissão de dados e voz em banda larga pela rede de energia elétrica). O primeiro palestrante foi ROGERIO SANTANA – Secretário de Tecnologia da Informação. Ele falou que em relação à internet, o Brasil está atrás de outros países. O segundo palestrante foi Sergio Bellisario falou sobre oPower Line Comunicação -PLC e que temos que aproveitar as empresas para melhorar a Internet.Outra atividade que participei aqui em BH, foi a Oficina-Debate sobre as regras de uso em telecentros de escolas: Inclusão ou exclusão digital? Nessa Oficina, vimos a realidade de cada Telecentro, as dificuldades quanto a participação de políticos na definição de uso do Telecentro, do uso da internet por menores de idade, a falta de preocupação de políticos com a identidade dos menores na internet, a falta de regras diferenciadas para os Telecentros do campo e a cidade.

No dia 26/11/2009 discutimos sobre: LANHOUSE E TELECENTRO:concorrentes ou aliados?
O palestrante NILSON FUGIFIMATO representantou as lanhouses e falou do projeto em que cada professor e aluno tem seu computador portátil na sala de aula. Também colocou que o uso de lanhouses é muito recente e que não existe de maneira nenhuma concorrência.
O palestrante JADER GAMA enfatizou que não tem diferença nenhuma , pois no Telecentro trabalhamos com tudo que uma Lanhouse trabalha. Falou sobre o Projeto PURAQUÊ, que é
uma entidade que trabalha com a sociedade e falou que quer mais é que as pessoas possam se unir em um só lugar. A meta é trabalhar a limpeza da cidade, um exemplo é a troca de horas de acesso por garrafas PET onde o objetivo é deixar o ambiente da cidade mais limpo.


Estarei voltando dia 27/11 para Belterra.

Texto enviado por Marcos de Almeida e postado no Blog Fuxico de Belterra.

No dia 21 de setembro, o Telecentro de Belterra recebeu 20 novos computadores através de do Programa NavegaPará do Governo do Estado, fruto de esforços dos membros do Conselho Gestor do Telecentro, principalmente do Projeto Saúde e Alegria e da Prefeitura de Belterra.

Em relação aos computadores que hoje são usados no Telecentro, houve uma conversa do Conselho, e eles serão instalados na Escola da Estrada 10 e da Vila 129. Passando estes, a serem parte de uma rede de telecentros coordenados pelo Telecentro de Inclusão Digital da Estrada 04.

No dia 31 de julho de 2009, às 19 horas realizou-se no barracão de capoeira do Telecentro de Belterra a Cerimônia de entrega de certificados para 12º turma de informática e 4º curso intensivo das comunidades rurais. Participaram desta cerimônia os alunos, no tal de 75, os pais, os integrantes da Escola de música, autoridades e integrantes do Telecentro.

No início da noite houve a apresentação da Escola de música Henry Ford. Canções como Quem disse que amor pode acabar, Versos de Amor e Sol foram tocadas pelo conjunto de violão e teclado e na voz do professor Joedson Viana.

Logo após o Grupo MOJOB-Movimento jovem de Belterra entrou e fez bonito com seu Gingado de carimbó. E sairam ao som de muitos aplausos.

O Cerimonial teve início com a composição da mesa. Nela estavam o Prefeito Municipal Geraldo Pastana, os vereadores Maria de Lourdes e Ademar Sanches, a representante da secretaria de educação Sra. Marneila Barros, a coordenadora do Conselho Gestor do Telecentro Sta. Dariane Nunes, a coordenadora do Telecentro Sta. Mônica de Almeida e a representante dos voluntários Sta. Arleide Pedroso. Cada um falou em seu pronunciamento sobre a importância da inclusão digital, a oportunidade oferecida pelo Telecentro, parabenizaram a determinação dos alunos e desejaram um bom evento.

Na segunda parte do cerimonial, os integrantes da mesa entregaram um a um os certificados dos alunos. Foram 55 formandos vindos da zona rural de Belterra, tanto da BR 163 como do Tapajós e 20 alunos da zona urbana.

O momento de despedida foi o mais bonito. Estava acabando as férias e os voluntários e alunos percebiam que realmente o curso havia terminado. Houve muitas fotos e todos foram convidados para a Balada que aconteceria logo depois. Mas a balada é outra história.

Este mês, devido a muitas atividades aqui, acabamos deixando nosso blog no canto. Peço desculpas aos leitores.

Estamos preparando um jornal com as informações do Telecentro e uma das matérias produzidas é sobre o encontro da juventude em Piquiatuba. Nossos alunos das comunidades e os voluntários foram convidados. Todos gostaram bastante.

JUVENTUDE REALIZA ENCONTRO EM PIQUIATUBA

Nos dias 17, 18 e 19 de julho de 2009, aconteceu um grande encontro de jovens na comunidade de Piquiatuba sobre o comando do Coletivo da Juventude de Belterra. Marcaram presença as comunidades de: São Domingos, Nazaré, Prainha, Chibé e as comunidades da Br 163. Na ocasião houve uma animada noite cultural com direito à concurso de piadas, palhaço, danças e muitas músicas, que agitaram a pacata comunidade.

O outro meio de interação mais legal, foi sem dúvida, o disputado torneio de futebol entre o Coletivo da juventude e a comunidade anfitriã; assim como as oficinas educativas de Informática, dança, Jornal e rádio que no ultimo dia apresentaram os resultados.

Vale ressaltar que a realização deste encontro foi possível ao árduo empenho da coordenação do Coletivo e à ajuda de parceiros como a Fase/Belém, o Projeto Saúde e Alegria e ao serviço de cooperação alemã-DED. Mais do que um encontro de diversão, houve a possibilidade de trocar idéias sobre a diversidade da realidade do município.

Em um lugar aprazível e acolhedor como cenário, notavelmente viu-se o entusiasmo de cada um em lutar pelo desenvolvimento de sua comunidade e com disposição de aprender assim como compartilhar esse conhecimento.

Por: Percivaldo Anjos e Natalino Santos

A Inclusão Digital possui o objetivo de disponibilizar acesso às informações e à Internet a uma porção significativa da população, democratizando, assim a informática em diversos níveis de ação educacional.

Além disso, o analfabetismo digital é grande na área urbana e muito maior na área rural. Para diminuir esse índice, o Telecentro de Inclusão Digital de Belterra, oferece aulas intensivas de Informática Básica no mês de julho.

As turmas são compostas de alunos das comunidades rurais do município. Eles aproveitam o mês das férias para estudar no Telecentro, uma vez que, se torna inviável, a vinda destes em outros meses do ano.

Os aluno aprendem sobre o Sistema Operacional Linux, um software livre,  ou seja, que possui o código-fonte aberto. Além disso, os voluntários ensinam a manipulação de programas como Tux Paint, Writer. Calc, Digitação e Internet.

Assim, o Telecentro oferece a oportunidade da Inclusão Digital às comunidades rurais. E essa inclusão é necessária para o progresso de Belterra, bem como, ao desenvolvimento intelectual individual. Já que a Informática oferece um vasto leque de informações, que ajudarão no mercado de trabalho e na melhoria da educação de crianças e jovens do município.

Viajaram hoje para a a Suécia, os jovens André Jordan e Juranildes Batistas. Eles farão um intercâmbio de um mês na Escola Nórdica de Vídeo Biskops-Arno.

Os dois jovens fazem parte do Telecentro de Belterra e participaram das Oficinas de Vídeo Participativo ministradas por alunos suecos. Pelo seu desempenho, eles estarão agora representando Belterra na Suécia. De Santarém os representantes são de Urucureá, Vagner e de Boim o Felipe. No total são quatro brasileiros que estarão participando dessa aventura.

Amanhã eles vão desembarcar no Aeroporto de Frankfut na Alemanha e depois seguem para o Estocolmo na Suécia.

Desde o dia 25 de março, os equipamentos do Telecentro estavam sem funcionamento, devido a um problema no servidor. Resolvida a situação, na manhã de hoje, recomeçaram as aulas de informática com muito entusiasmo por parte de alunos e voluntários.

« Older entries § Newer entries »