Telecentro

You are currently browsing the archive for the Telecentro category.

 

Oficina Tela Brasil ensina técnicas de cinema

a jovens de Belterra, de sábado (28.07) a terça (07.08)

O projeto, patrocinado pela Fundação Telefônica|Vivo, tem aulas gratuitas de roteiro, direção, edição e produção de vídeo. Curtas-metragens produzidos durante a oficina serão exibidos ao público no dia 11.08 

 Ensinar jovens de comunidades a produzir e a contar suas próprias histórias, essa é a idéia da Oficina Tela Brasil, idealizada pelos cineastas Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi (realizadores dos filmes O Bicho de Sete Cabeças, Chega de Saudade e As Melhores Coisas do Mundo). A oficina que ensina técnicas de cinema gratuitamente será ministrada em Belterra entre os dias 28.07 e 07.08. Em quatro anos de atividade, a Oficina Tela Brasil já passou por 85 cidades e acumula 1961 alunos.

O curso, patrocinado pela Fundação Telefônica/Vivo, será realizado no Centro de Referência de Assistência Social. Durante dez dias, os alunos aprendem técnicas de edição, roteiro, direção e produção e ainda produzem curtas-metragens, exibidos em sessão aberta ao público, sábado (11.08), na tenda do Cine Tela Brasil. A exibição será acompanhada de perto por um profissional do cinema, que divide com os jovens suas experiências no mercado audiovisual.

Os interessados em participar da oficina têm até o dia 17.07 para preencher ficha de inscrição no Centro de Referência de Assistência Social, na Escola Municipal Darcy Vargas e na Escola Municipal Manuel Garcia de Paiva, ou ainda pelo Portal Tela Brasil (www.telabr.com.br). São vinte vagas abertas para jovens a partir de 14 anos. Para garantir a presença dos alunos, cada um recebe uma ajuda de custo para transporte e pesquisa no valor de R$ 10 por dia.

Dezenas dos vídeos produzidos nas Oficinas Tela Brasil foram premiados em importantes festivais, como o Tia Dita (20º Festival Internacional de Curtas de São Paulo; VIII Festival Araribóia em Niterói e 16ª edição do Vitória Cine Vídeo, em Vitória); Pão com mortadela e meia mussarela (19º Festival  de Curtas de São Paulo, Goiânia Mostra Curtas, Visorama 3, Festival Visões Periféricas e CineCufa 2009); Dr. Poporowiscky (4º Festival de Jovens Realizadores de Audiovisual do MERCOSUL e Festival CineCufa); além disso, 32 dos 161 vídeos selecionados para o CineCufa – Festival Internacional de Filmes de Periferia (Rio de Janeiro, 2009) são frutos das Oficinas Itinerantes de Vídeo Tela Brasil.

Com uma câmera na mão, esses jovens produzem trabalhos surpreendentes. Nosso maior objetivo é que os alunos usem as Oficinas como uma ferramenta de expressão para que eles contem, por meio do audiovisual, suas histórias e seus sonhos”, fazem coro Luiz Bolognesi e Laís Bodanzky.

 Portal Tela Brasil – Para ampliar a abrangência das oficinas, foi criado, em parceria com a Fundação Telefônica, um portal (www.telabr.com.br) com conteúdo audiovisual onde os jovens encontram exercícios virtuais, textos lúdicos sobre as diversas áreas do audiovisual, filmografias, bibliografias e links comentados, informações sobre editais, festivais e concursos.

Sobre a Telefônica|Vivo – A Fundação Telefônica|Vivo atua com o fim de contribuir para o desenvolvimento social dos países onde está presente. No Brasil, a instituição foi criada em 1999 e possui linhas de atuação voltadas para o acesso à  educação, a melhoria da qualidade educativa e a divulgação do conhecimento. Em 2011, com a fusão entre a Vivo e a Telefônica, a Fundação incorporou os projetos do Instituto Vivo e ampliou sua atuação para todo o país. Para conhecer mais, acesse www.fundacaotelefonica.org.br. 

Depois de algumas mudanças estruturais, físicas, dentre outras vivenciada pelo Telecentro de Inclusão Digital e de difícil adaptação, passamos para uma fase de mudanças mais agradáveis e satisfatórias.
Uma delas é a reforma do laboratório de informática que ja não atendia as devidas condições na execução das atividades desenvolvidas, possibilitando neste segundo semestre aos 114 alunos do curso de informática livre e aos visitantes um espaço mais aprazível, depois da limpeza das centrais de ar, reposição de compensados e pintura da sala de informática.
Uma outra novidade é a gestão do telecentro que tem como coordenadora Taione Silva, que tem muitos progetos a serem trabalhados, dentre estes o fortalecimento da entidade como referência nas comunidades contempladas com telecentros de inclusão digital.
A eleição do Conselho Gestor do Telecentro prevista para o mês corrente é um grande suporte nas questões administrativas dada o papel deliberativo que este possui.

Sala de informática reformada.

Segundo dia do curso de informática.

Taione Silva, atual coordenadora do Telecentro.

 

No próximo sábado,  participe de uma oficina ministrada por David, coordenador do núcleo empreendimentos sustentáveis  do Projeto Saúde e Alegria que trabalha com o eco turismo de base comunitária.

Em um primeiro encontro realizado cerca de vinte dias atrás com o numero de nove jovens, surgiram muitas duvidas, que foram devidamente respondidas por David e Silvaney, mas foi de consenso geral que potencial turístico existe em Belterra e força de vontade por parte dos presentes não faltará.

A ideia é organizar um grupo de pessoas que possuem espírito empreendedor, para estes recebam uma capacitação e se disponham a desenvolver  a atividade em Belterra. A proposta é ousada, que trabalhe empreendimentos sustentáveis visando o desenvolvimento social e económico. Esteja presente e faça valer a denominação que a Bela Terra possui.

Dia 04(sábado) de junho, às 8:30 no Telecentro de Belterra (Casa Brasil).

 

 

 

 

O Telecentro de inclusão Digital de Belterra comemorou no dia 29 de março em seu auditório seu 5º ano de serviços prestados a comunidade Belterrense.
Participaram da programação autoridades como o prefeito Geraldo Pastana, o secretário de Ação e Assistência Social Sr. Raimundo Dias, um representante da secretaria de Infra estrutura, do Projeto Saúde e Alegria o Sr. Paulo Lima, as Ex-coordenadoras Sra. Maria Antônia de Arcanjo, Mônica de Almeida e Regiane Karla, também fizeram-se presente ex- voluntários e atuais, alunos que recebem o curso de informática livre, entre outros convidados.
A abertura foi feita pelo prefeito e em seguida uma apresentação dos facilitadores do programa Pro – Jovem, cantando uma bela música.
A festa continuou com falas sempre enfatizando a importância da entidade desde a implantação no ano de 2006 ao atual ano. Em poucas palavras a primeira coordenadora do Telecentro, falou da importância em levar adiante a missão da entidade enquanto formadora de cidadãos (as), deixando de lado interesses pessoais na tentativa de alto promover-se, o Sr. José de Arimáteia, um dos ex voluntários ficou emocionado ao destacar o quanto o serviço voluntariado foi importante em sua formação pessoal como cidadã e por ai seguiram os discursos, todos muito rico em recordações informações…E não faltaram os parabéns. Obrigada a todos e todas que contribuíram para mais um ano de aniversário do Telecentro.

Parte do pessoal que prestou serviço voluntário no Telecentro.

Mulheres na coordenação do Telecentro

 

Carlinho e Paulo Lima

Prefeito cortando o bolo de aniversário

 

No dia 14 de fevereiro iniciamos a capacitação de dez jovens para atuarem como monitores voluntários nos Telecentros de Maguari – Tapajós e Centro de Belterra. O conteúdo trabalhado é um esboço do que estes jovens aplicaram ao público considerado analfabeto digital na area de abrangencia de cada telecentro, a parceria da secretária de Assistência Social está sendo muito importante dando suporte em material didático, alimentício e outros.
Junto a estes temos os jovens: Gabriel Coelho Farias,  Dionathan Paula de Araújo Bezerra, Luciane Campos Pedroso e Wellington da Rocha Pedroso os selecionados em processo do governo Federal que custeará uma bolsa no valor de R$ 241,50 mais capacitação durante doze meses para prestarem serviços aos Telecentros BR.
A capacitação encerará no dia 16 com uma avaliação prática da atuação individual de cada monitor, simulando a metodologia que aplicará em sala de aula.
O entusiasmo em extrair mais  conhecimento e dissemina-lo ao maior numero possível de pessoas  nos cursos de informática livre, sem duvida está sendo alcançado. O conselho gestor na pessoa da Sra. Aparecida também participa da capacitação contribuindo com a troca de experiencias. Bons trabalhos e sucesso à todos os participantes!

Localizado no Km 92, Br 163 a comunidade de São Jorge dispõe de seis novos voluntários que exerceram a função de monitor no Telecentro, “recebi o curso na ultima turma e agora quero repassar oque aprendi”, disse um dos participantes na capacitação.
O Telecentro funciona desde de janeiro do ano de 2010 e ja certificou 160 alunos com o curso de informática livre.
Para os novos voluntários é sempre um desafio, mas nada que os desanimem, apesar do calor Enoque, Gabrielzinho e Nataleuza fazem o possível para repassar todo conteúdo de três dias em um único dia, missão nada fácil, porém nada impossível.

Membro da comissão: Sr. Antonio Vieira(acessor de comunicação)

A comissão composta por sete(07) membros esteve reunida hoje dia 19 no telecentro,esta iniciou os trabalhos de análise com base na ficha preenchida pelo candidato e curriculum vitae, verificando se ele (a) atende a todos os requisitos obrigatórios para obter a vaga de monitor bolsista de acordo com artigo nº 12 do edital.

Idade entre 16 a 29 anos; Morador da comunidade na qual o telecentro está instalado; Ter ensino médio completo, ou estar cursando; Tempo disponível de 6 horas por dia, ou 30 horas semanais, durante 12 meses; Não ter vínculo empregatício; Não ter relação de parentesco em até 3º grau com algum dos responsáveis pela seleção dos monitores.
Na próxima segunda-feira dia 22 do corrente mês faremos a divulgação dos selecionados a fase final: Da entrevista.

Boa Sorte pessoal!

Comissão: Prof.Gila Maria, Enoque Pedroso, Carpeggeane, Marcos Almeida e Elivaldo Carneiro

O Governo Federal vai conceder 18 mil bolsas para a capacitação de monitores de centros públicos de acesso à internet dos 63 projetos selecionados pelo Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital nas Comunidades – Telecentros.BR.
São dois tipos de bolsas, uma de R$ 483,01 e outra de R$ 241,50. Cada bolsista terá que cumprir 30 horas semanais, sendo que duas horas diárias serão dedicadas ao curso de formação com duração de 12 meses e 480 horas.

Veja parte do edital:
EDITAL N.º 001/2010
PREFEITURA MUNICIPAL DE BELTERRA – SECRETARIA MUNICIPAL
DE EDUCAÇÃO E DESPORTO, 18 DE OUTUBRO DE 2010

A PREFEITURA MUNICIPAL DE BELTERRA – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO,CULTURA E DESPORTO, em parceria com o Ministério da Justiça/Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania – PRONASCI, e com o Programa Telecentros.BR, no uso de suas atribuições legais, torna público que entre os dias 20 de outubro à 15 de novembro de 2010, OBS: somente nos dias úteis, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo de 04 (quatro) vagas de monitores bolsistas titulares, sendo 02 (dois) para atuar em cada comunidade (Sede,Maguari), mediante normas e condições contidas neste Edital.

O monitor é a pessoa responsável pelo atendimento ao público no espaço do Telecentro, auxiliando e propondo processos que permitam aos freqüentadores fazer uso das tecnologias da informação e comunicação disponíveis de maneira articulada ao desenvolvimento da comunidade.
Ao receber a bolsa o monitor, além de atuar no espaço do Telecentros participará do Curso de Formação de Monitores do Telecentro, oferecido pela Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital. O Curso incentivará o uso das tecnologias da informação e comunicação como ferramentas para alavancar transformações sociais na comunidade em que o monitor está inserido.

Joice Raindria Miss Caipira Telecentro.

Realizamos na ultima sexta -feira, dia 27/08, o III Festival Folclórico do Telecentro.  O folclore brasileiro é rico em danças que representam as tradições e a cultura de uma determinada região. Estão ligadas aos aspectos religiosos, festas, lendas, fatos históricos, e brincadeiras. No Telecentro além dessas tradições também houveram outras, como a apresentação de duas linda meninas concorrendo ao título de miss caipira Telecentro 2010, Joice Raiandria e Angélica Sousa e as iguarias não poderiam faltar. O objetivo maior com a realização do festival folclórico que é o de promover lazer, continuidade da cultura local e confraternizar alunos, pais, funcionários e comunidade em geral, foi alcançado, por esta razão só temos a agradecer a todos que participaram e contribuíram direto ou indiretamente. E até o próximo ano!!!

atentos as informações.

O Telecentro de Belterra está no segundo dia de capacitaçao para monitores voluntários de informática básica.

Temos vinte e três jovens no total, sendo da comunidade de São Jorge quinze e oito da sede; todos com o mesmo objetivo, estarem háptos em contribuir com a comunidade no sentido de agentes para a inclusão digital.

É importante ressaltar que esta atividade só está sedo possivel, porque temos parceiros como a comunidade, secretaria de educação e administração. E justamente em uma dessas parcerias(SEMED) que temos conosco como capacitadores uma equipe do projeto ÁGORA, que tem como foco expandir a inclusão digital e social.

No dia 20 terça feira, fizemos uma discusão sobre princípios de cidadania e o avanço das TICs( Tecnologia da Infomação e Comunicação);pela tarde trabalhamos especificamente a meta-reciclagem e funcionamento da máquina;no dia 21 quarta feira, pela manhã apredemos a fazer instalação de programas; pela tarde iniciamos com os editores de texto, apresentação e calc; amanhã dia22, finalizamos com metodologia educacional voltada para sala de aula.

A cargoraria é intensiva, de 8:00 ás 12:00 e 14:00 ás 19:00, e apesar dos futuros monitores serem jovens estes no fim do dia oque mas anseiam é retornarem para suas casas e ao sindicato de trabalhadores rurais para uma noite de descanço. Mas certos que ao concluirem, voltam munidos de conhecimento, podendo assim fazer o melhor repasse para a comunidade de todo que poderam absorver durante a capacitação.

« Older entries