Fundação Telefônica Vivo em Belterra

Por Jeso Carneiro em 4/9/2012 às 08:14

Françoise Trapenard, a número 1 da Fundação Telefônica Vivo, desembarca hoje (4) em Santarém e, em seguida, ruma a Belterra.

Lá, dará o pontapé inicial no Projeto Oficina de Aplicativos, destinado a alunos e educadores de 20 escolas públicas da cidade.

Desde que a Vivo instalou uma antena em Belterra, a cidade saiu do isolamento, conectando-se com o mundo. Agora os jovens têm a oportunidade de empreender, aprendendo a programar e construindo seu próprio negócio digital – explica Trapenard, ressaltando que o projeto conta com apoio do Governo do Pará, via Secti, e com parceria da Ama Brasil.

Em 2013, a previsão do projeto é beneficiar outros 300 participantes.

Serão doados 450 aparelhos celulares, tipo smartphones Samsung Galaxy Ace 5830, para as escolas. A ideia é que cada aparelho seja utilizado por até três alunos, beneficiando 1.500 estudantes.

  1. Darley Cardoso’s avatar

    como posso aderir esse projeto no municipio ond trabalho no amazonas

    Responder

Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*